INÍCIO

Bem-vind.a.o a Árvores e Arbustos de Portugal

Este sítio Árvores e Arbustos de Portugal, tem por objectivo de apresentar progressivamente a flora silvestre portuguesa:  árvores e arbustos autóctones, geralmente plantas lenhosas com o seu nome em português, em latim e com  fotos, pelo meio de fichas descritivas. Destina-se a informar quem queira identificar uma planta encontrada durante um passeio, uma caminhada, assim como todos os amadores interessados em conhecer e identificar um arbusto ou uma árvore no seu meio natural. Com esse fim, são apresentadas e ilustradas as espécies continentais e insulares.

Queremos suscitar curiosidade e vontade de saber. O conhecimento e, porque não a sensibilidade, trazem a tomada de consciência que neste caso podem levar a proteger a natureza; impedindo a destruição de ecossistemas e biótopos. Esperamos também inspirar o desejo de plantar espécies nativas e permitir a existência de florestas, bosques e matas ricas em biodiversidade.

Fotografias da Flora Silvestre Portuguesa 

A maioria das fotografias presentes nestas páginas provêm principalmente de quatro concelhos do Oeste: Bombarral (Mata da Vila, freguesias de Roliça e de Pó), Lourinhã (freguesias de Reguengo Grande, de Moledo e de S. Bartolomeu dos Galegos), Óbidos (freguesia de Olho Marinho, de Amoreira e de Vau) e Peniche (freguesias de Ferrel, de Serra d’El Rei e de Atouguia da Baleia), outras foram tiradas em jardins botânicos, nomeadamente o de Lisboa, o parque Monteiro-Mor, o do Funchal, o de Paris e noutras partes da Europa.

Se desejar, pode colaborar neste sítio.  Agradecemos também as vossas sugestões e ideias.

As fotos, propriedade do sítio, sempre que utilizadas com fins não comerciais, estão livres de direitos. Caso contrário agradecemos que nos informem da sua utilização.

antes de arborizar, vem a murta…

Antes de continuar a história da arborização que iniciei em 2004, «plantar árvores nas cesaredas», publico a ficha da murta «Myrtus communis». A murtinheira é um arbusto muito perfumado e relativamente comum no centro e sul do País.

Menos comum, é o arbusto que seguirá brevemente. Colorido no Outono com as suas folhas garridas e seus frutos laranja e cor-de-rosa lembra um bobo medieval ou arlequim da Commedia dell’arte, com os seus trajes multicoloridos em losangos.

ÁRVORES EM DESTAQUE