Nos Altos Ramos de Árvores

Nas entressombras de arvoredo
27 mars 2016
Nos Jardins
27 mars 2016
Nas entressombras de arvoredo
27 mars 2016
Nos Jardins
27 mars 2016

NOS ALTOS RAMOS DE ÁRVORES

 

Nos altos ramos de árvores frondosas
O vento faz um rumor frio e alto,
Nesta floresta, em este som me perco
E sozinho medito.

Assim no mundo, acima do que sinto,
Um vento faz a vida, e a deixa, e a toma,
E nada tem sentido — nem a alma
Com que penso sozinho.

 

Ricardo Reis, heterónimo de Fernando Pessoa (1888-1935),
in « Odes de Ricardo Reis », Ática, 1946 (imp.1994).